Sobre os noivos

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

Visão dele:

O primeiro contato foi na Toca de Assis, mas foi um contato bem superificial e avesso ( Eu não gostei dela de cara).  O Tempo passou, Deus foi conduzindo, e depois de muito tempo( 11 anos) a nossa história se inicia.

Com alguns amigos em comum, nos encontravamos, conversavamos, mas sem sentimento, sem interesse.  Um dia, em um casamento, eu olhei pra ela de uma forma diferente.  Ela estava linda, com um olhar, com um charme, com um sorriso: Me encantei!

Com toda esta modernidade de rede social, eu comecei a "conhece-la melhor" ( fuxicar).  Vi todas fotos, onde conheci quem era a família, os amigos, os costumes, etc.  Fui me identificando e ficando ainda mais interessado.

Após um grupo de oração na Comunidade Shalom, junto com alguns amigos, conversamos.  Já com interesse, fazia as perguntas chaves, já mostrava o que queria(rsrsrs), mas ela não me levou a sério.

Na copa de 2014, em um grupo de Whatsapp, eu peguei o telefone dela, puxei uma conversa.  Eu sempre animado, na expectativa, mas tinha horas que ela me dava bola, mas tinha horas que achava que não ia pra frente.

Marcamos o primeiro encontro: Ela meu deu bolo, não compareceu! Isso mesmo!!

No segundo encontro marcado ela apareceu, e tudo foi se encaixando.  No dia 21/09/2014 começamos a Namorar!

Ela me completa, tem tudo o que sempre esperei para a pessoa que, ao meu lado vivesse e educasse meus filhos!

 

 

Visão dela:

O primeiro contato foi totalmente formal e impessoal, pois nos conhemos na Toca de Assis onde eu era missionária religiosa e ele um leigo que ajudava. Para ser sincera não lembrava dele, devo ter comprimentado só por educação.

Os anos se passaram... eu deixei de ser missionária e a vida nos aproximou novamente, mas de maneira diferente. Amigos em comum nos possibilitavam encontros (ainda superficias, mas não mais indiferentes). Achava ele uma pessoa legal (e só, rsrsr).

No aniversário de uma amiga em comum, ele ficou jogando várias indiretas, mas não quis acreditar. Pois era verdade, ele começou a me mandar mensagens. Falava coisas que eu gostava (Deus, Igreja, amigos), comecei a sentir vontade de conservar com ele, e sempre nos falavamos... na verdade quando eu respondia, rsrsrs.

Desse rolo sugiu em encontro onde ainda mais nos identificamos, na verdade conheci a pessoa que conquistou meu coração, mudou minha vida, deu novo sentido aos meus sonhos e principalmente ao sonho de Deus.

Dia 21 de setembro de 2014, ele me pediu em namoro, não imaginava, que ali nascia a família que Deus sonhou para nós.

 

Imagem Sobre